03 maio, 2015

Guest-post: Cuidados com a imagem no pré e pós parto

Olá ;-)
Tal como prometido deixo-vos hoje um post de uma convidada muito querida, a Leninha do blog The Cute Mommy.
Sendo hoje o dia da mãe, não haverá dia melhor para falar sobre gravidez e maternidade
Pegando neste tema comum a maior parte das mulheres, eu e a Leninha preparámos um post como convidadas para o blog uma da outra.

Deixo-vos então com a Leninha:

Olá queridas leitoras da Rita,

Sou a Leninha e autora do The Cute Mommy Blog. Numa conversa, eu e a Rita, achamos que seria uma boa ideia fazermos um guest post no blog de cada uma. Obrigada Rita, pelo convite e pela sugestão :) .
O tema central do meu blog é a maternidade, por isso achei que podia partilhar com vocês alguns dos cuidados que tive no pré e pós parto.
A gravidez é um momento único e especial para a mulher, contudo sujeito a grandes alterações, hormonais, físicas, emocionais entre outras, estando muitas vezes estas ligadas entre si. É muito importante que a mulher faça tudo para desfrutar em pleno deste momento, olhando para a sua nova condição, sentindo-se bem e gostando da sua imagem.


Alimentação

A minha gravidez foi bastante “fácil”, não soube o que eram enjoos, vómitos, desejos e aquelas "trapalhadas" todas menos boas. Contudo confesso-vos que, para mim, o aumento de peso foi difícil de gerir. Por isso tinha algum cuidado com a minha alimentação. Claro que por vezes "pecava", mas tentava ter sempre uma alimentação muito equilibrada. Com muitos vegetais, legumes, fruta, carnes brancas e peixe. Bebia muita água, no fim da gravidez tinha tanta sede que bebia 3 litros de água por dia.

No pós parto, passado três meses da Maria Eduarda ter nascido, após muita dificuldade em perder peso senti necessidade de consultar ajuda especializada de um nutricionista. Consegui chegar quase ao meu peso, ainda faltam 4 kilos, mas esses já não me incomodam :) .


Cremes de corpo

Outra das minhas grandes preocupações durante a gravidez era a possibilidade de ter estrias. Para prevenir essas "malditas" comecei desde o início a colocar creme e óleo apropriado. Todas as noites aplicava uma grande camada de creme pela barriga e pelo peito.
Na altura estava a viver nos Estados Unidos e um creme que era super popular, de supermercado, bem barato, era o da Palmer’s, não sei se se vende aqui. Adorei o creme, tinha um cheirinho que eu achava agradável, era pastoso, gordo, o que dava a sensação de ser um bom hidratante. Usei-o durante toda a gravidez e não tenho nenhuma estria.




No pós parto usei um creme da mustela reafirmante que também gostei muito.






Cintas e meias de descanso

Usar ambas, em pleno verão, nos Estados Unidos com temperaturas por vezes a rondar os 40 graus foi um grande desafio/sacrifício.

Comprei na farmácia meias elásticas de alta compressão e uma cinta por causa das costas. Apesar de muitas vezes ter sido um sacrifício usá-las, deram-me imenso jeito e aliviavam-me muito. Felizmente não fiquei com nenhuma variz como consequência da gravidez.



No pós parto, logo após o nascimento da minha princesa, usei cinta todos os dias e durante alguns meses. Não tenho barriga “six pack” mas também nunca tive lol. Mas a cinta ajudou-me imenso a "colocar tudo no devido lugar" :) .




Rosto

Durante a gravidez usei a minha gama de cremes da Clinique, no inicio apareceram-me algumas borbulhinhas mas que logo desapareceram.



Algo que nunca dispensei, quer durante, quer após a gravidez, foi maquilhagem. Usei-a e uso sempre no dia-a-dia.


Após o nascimento da Maria Eduarda, apesar do cansaço, maquilhava-me sempre, mesmo que não saísse de casa. Como não me sentia muito confortável devido a não conseguir perder peso, para mim era importante olhar-me ao espelho e sentir-me bem comigo mesma. E, patetice ou não, quando me maquilhava conseguia isso. Não havia olheiras nem cara de cansaço que se notasse. Depois do nascimento de um bebé a dinâmica de tratarmos de nós fica mais comprometida. Eles choram, não os queremos deixar sozinhos, as visitas, dar de mamar ou fazer biberões para depois lavar e esterilizar, roupas, fraldas, tudo isto surge de novo na nossa vida. Para mim o primeiro mês não foi nada fácil. Mas entre estas novas tarefas o cuidado para connosco tem que existir sempre. Temos sobretudo que olharmos ao espelho, gostarmos e sentirmo-nos bem com o que vemos. Quando assim não é, significa que temos que mudar alguma coisa.


Outro ponto, muito importante e, que ajuda muito na nossa imagem, auto-estima e confiança é a forma como nos vestimos. 

Mas esse é o post da "nossa" Rita. Que podem lê-lo em breve no meu blog. Um post muito interessante e com sugestões muito práticas.

Beijinhos e até a próxima
Leninha 

Um enorme obrigada à Leninha por ter partilhado connosco a sua experiência enquanto mãe e mulher.

Beijinhos,
Rita C.


Sem comentários:

Enviar um comentário