21 abril, 2014

Alisamento INOAR

Alisamento INOAR

A 01 de Março deste ano fiz um alisamento de cabelo INOAR e decidi partilhar convosco esta experiência.

Decidi fazer este alisamento, pois o meu cabelo, além de não ter 'gracinha' nenhuma, tinha imensa electricidade estática e, principalmente no inverno, não conseguia fazer nada dele, tendo sempre um aspecto desleixado.

Confesso que já andava para fazer algo do género há imenso tempo, mas o medo impedia-me. Medo porquê? Perguntam vocês... Porque o meu cabelo é extremamente fino e tinha medo de ficar totalmente colado à cabeça.

Finalmente obriguei-me a fazer o alisamento, pois a minha auto-estima como mulher estava a sofrer um pouco e, além disso, devido à minha nova actividade como consultora de imagem, achei que não podia ter o cabelo com um aspecto desleixado por muito mais tempo. 

Pesquisei em vários blogs diversas opiniões e decidi fazer na Moments 4 you na Parede.
O espaço é agradável, moderno e acolhedor. 

Espaço Moments 4 you

Espaço Moments 4 you

Espaço Moments 4 you


Fui atendida por duas profissionais espectaculares que ouviram pacientemente as minhas intenções e medos e recomendaram-me, então, o alisamento INOAR.

Este alisamento custou 45 Euros, dura 3 a 6 meses e a sua principal particularidade é a forte hidratação que confere ao cabelo, não o danificando. Para que o meu cabelo ficasse com um ar natural e não colado à cabeça (como era o meu maior receio), sugeriram fazer o alisamento uns centímetros depois da raiz do cabelo.

Adorei o efeito e fiquei fã deste tratamento.
Ao fim de quase dois meses o cabelo está tão impecável como no inicio. 

Deixo-vos uma foto do "Antes e Depois", em que o "Antes" não era dos meus piores dias 
;-)



Beijinhos,
Rita C.

2 comentários:

  1. Olá Rita!

    Estás 5* e de facto é uma liberdade e uma imagem completamente diferentes.

    O meu cabelo é mais grosso mas com menos jeitos que o teu. No entanto tem muitas colorações (madeixas não).

    Como te disse eu fiz progressiva que durou cerca de 6 meses mas fiquei a saber que, para cabelos mais longos, pode enfraquece-los podendo ter de se fazer um corte drástico. No meu caso não porque tenho cabelo mais curto e corto com frequência.

    Há dias fiz alisamento definitivo sem formol que é menos agressivo e mais duradouro para além de apenas see necessário gazer manutenção na raiz. É mais caro que a progressiva mas pareceu-me ser uma boa alternativa.

    Partilho a minha experiência para ajudar quem queira fazer.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Sandra. Obrigada pelo teu comentário e pela partilha da tua experiência :-)
      Beijinhos enormes

      Eliminar